Quarta, 02 de Dezembro de 2020
89 994161886
Cidades Epidemia

Lagoa do Barro do Piauí cria plano e reduz índice de infestação do Aedes

De janeiro a julho de 2020, a secretaria teve 29 casos notificados, 29 casos confirmados e nenhuma morte em decorrência das doenças.

25/08/2020 06h13
Por: Cirano Sousa Fonte: Cidadeverde.com
Lagoa do Barro do Piauí cria plano e reduz índice de infestação do Aedes

A secretaria municipal de Saúde de Lagoa do Barro do Piauí criou um plano simplificado de combate ao Aedes Aegypti para combater a transmissão de doenças transmitidas pelo mosquito no município. Em janeiro de 2020, Lagoa do Barro estava entre as oito cidades com risco  de surto para Dengue, Zika e Chikungunya. Atualmente, a cidade não está mais nessa situação devido as medidas preventivas adotadas com o apoio dos seus moradores.  Lagoa do Barro saiu de um índice de infestação predial (IIP) de 5,1% para 2%. 

O secretário de Saúde de Lagoa do Barro do Piauí, Marquinho Rocha, comenta que "Lagoa do Bairro realmente estava com uma epidemia, estava no risco. Mas, de fevereiro para cá, com o árduo trabalho da nossa secretaria, com a aquisição de novos equipamentos, com o nosso efetivo em campo, nós conseguimos reduzir isso para 2%. Hoje nós estamos em um momento confortável em relação à Dengue, Zika e Chikungunya", comenta.

De janeiro a julho de 2020, a secretaria teve 29 casos notificados, 29 casos confirmados e nenhuma morte em decorrência das doenças. 

No dia 19 de agosto de 2020, a Secretaria Estadual de Saúde divulgou um boletim com dados da doença. No entanto, os números fazem referência ao mês de janeiro, citandos os oito municípios em risco de surto naquela época. 

Seguindo normas do Ministério da Saúde, os boletins com dados atuais não foram atualizados em decorrência da pandemia da Covid-19. Por isso, houve a suspensão da realização do 2º levantamento Entomológico (Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegyp) do ano de 2020. 

No Plano Simplificado de Combate ao Aedes em Lagoa do Barro, "para o restante deste ano de 2020, prossegue-se obedecendo as recomendações de precaução aos efeitos da pandemia", a Secretaria de Saúde desenvolve as seguintes atividades: 

  • Realizar trabalhos em áreas peridomiciliares;
  • Orientar à população quanto às medidas preventivas de evitar água parada e ao alcance do aedes; 
  • Visitar os pontos estratégicos; 
  • Fazer atividades de bloqueio químico; 
  • Realizando tratamento quando possível; 
  • Levantamento de índice; 
  • Bloqueio com UBV pesado e Hatsuta.

O plano destaca ainda que " Face à situação, o município de Lagoa do Barro do Piauí vem seguindo as orientações emitidas pelo Ministério da Saúde através das Notas
Informativas nºs 8 e 13/2020-CGARB/DEIDT/SVS/MS, que tratam, respectivamente dos trabalhos de inspeção predial e pesquisa de índice".

"Mesmo assim, o município realizou dois LIA já informados no SISPNCD ( Sistema do Programa Nacional de Controle da Dengue) e está realizando o quarto ciclo de tratamento de criadouros em potencial. Estamos atualmente realizando Levantamento de Índice de Amostragem em áreas de infestação."

Já o Plano de Contingência Municipal para prevenção e controle da Dengue, Zika e Chikungunya ressalta mais ações a serem desenvolvidas:

  • Notificação a donos de terrenos para que seja realizada a limpeza dos mesmos; 
  • Realização de bloqueio com UBV em quarteirões com casos de dengue confirmados;
  • Utilização de drone para localização de possíveis criadouros em imóveis fechados e locais de difícil acesso;
  • Visitas periódicas nos imóveis, respeitando a portaria que define como deve ser as ações durante a pandemia do COVID 19
  • Implantação do sistema informatizado para substituir fichas do e-SUS utilizando tablets.
Ele1 - Criar site de notícias