Sexta, 22 de Janeiro de 2021
89 994161886
Brasil COVID 19

Ano terminará no pico da pandemia na cidade de São Paulo, afirma secretário

A vacinação é a esperança para que o quadro atual não degringole. Caso contrário, ele calcula que o pico da 2ª onda será entre os meses de maio e junho.

19/12/2020 15h52
Por: Cirano Sousa Fonte: Poder 360
Ano terminará no pico da pandemia na cidade de São Paulo, afirma secretário

O secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, prevê um cenário negativo para o fim de ano na capital paulista. Ele acredita que a cidade alcançará um novo auge no número de casos -superando os números de julho. 

Ele aponta algumas causas. Relaxamento da população quanto às medidas de isolamento social, redução no uso de máscaras e retorno da vida social, especialmente entre os jovens. 

“A média móvel de 7 dias mais avançada que tivemos foi em julho, com 19.748. Estamos chegando ao final de dezembro a 20 mil casos na média móvel. Estamos chegando no número superior ao que tivemos no pico da pandemia”, afirmou. 

Para frear as altas, ele destaca uma campanha de comunicação que será colocada nas ruas nos próximos dias. Mas não descarta novas medidas de isolamento. O termo “lockdown”, porém, não foi dito pelo secretário. 

A vacinação é a esperança para que o quadro atual não degringole. Caso contrário, ele calcula que o pico da 2ª onda será entre os meses de maio e junho.

O único ponto que Aparecido considera positivo do atual cenário é que, na sua avaliação, a carga viral das pessoas que foram contaminadas recentemente seria menor do que aquela observada nos primeiros momentos da pandemia.

Ele1 - Criar site de notícias