Sexta, 25 de Junho de 2021
89 994161886
Geral Paraná

DER-PR confirma proposta de R$ 183,4 milhões para duplicação da rodovia entre Maringá e Iguaraçu

DER-PR publicou a notificação de vencedor da licitação para duplicar 21,82 quilômetros da rodovia PR-317. A partir de agora tem início o prazo de c...

09/06/2021 10h35
Por: Cirano Sousa Fonte: Secom Paraná
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) publicou nesta quarta-feira (09) a notificação de vencedor da licitação para duplicar a PR-317 entre Maringá e Iguaraçu, na região Noroeste. A empresa que arrematou a fase de lances no final de maio apresentou uma nova proposta de preço, adequada ao valor ofertado de R$ 183.456.873,42, e teve a sua documentação aprovada pela comissão de licitação.

O valor representa uma economia de aproximadamente 17% em relação ao orçamento máximo estimado de R$ 221.127.196,24, inicialmente sigiloso por se tratar de uma licitação na modalidade Regime Diferenciado de Contratação Integrada (RDCi), que permite o sigilo para estimular a competição entre as participantes.

A modalidade foi empregada neste caso por permitir a contratação simultânea da elaboração de projeto de engenharia e execução da obra, além de prever a utilização de soluções e tecnologias mais inovadoras do que as normalmente utilizadas.

Com a notificação publicada, tanto em diário oficial como no portalCompras Paraná, tem início o prazo de cinco dias úteis para interposição de recurso das demais empresas participantes quanto ao resultado, seguido por prazo igual para contrarrazões da empresa vencedora, caso haja algum.

Após a fase de recursos, o resultado da licitação segue para homologação e adjudicação dos serviços da obra à empresa vencedora, seguido por trâmites internos para a assinatura de contrato.

DUPLICAÇÃO- A obra prevê a duplicação em uma extensão de 21,82 quilômetros, cinco quilômetros de vias marginais, interseções em desnível, cinco retornos, duas passarelas e a duplicação da ponte sobre o Rio Pirapó.

Serão feitos serviços de execução de terraplenagem, dispositivos de drenagem e obras de arte correntes, galerias celulares, passa fauna, pavimentação, obras de arte especiais, sinalização, melhorias ambientais e demais serviços complementares.

O prazo para execução, após assinatura do contrato e emissão da ordem de serviço, é de 720 dias (24 meses). Os projetos básico e de engenharia devem ser finalizados durante os primeiros 210 dias, mas os serviços no trecho podem ter início até os primeiros 180 dias, conforme os projetos, divididos em subtrechos, forem sendo aprovados.

O anteprojeto da obra foi doado pela Associação Comercial e Industrial de Maringá (Acim), sendo utilizado como base para a licitação do projeto de engenharia e da execução da duplicação.

Ele1 - Criar site de notícias