Sexta, 30 de Julho de 2021
89 994161886
Geral Piauí

Programa Unati da Uespi promove debate sobre o espírito junino

O encontro foi uma prévia do II Arraiá Virtual da Unati.

25/06/2021 10h10
Por: Cirano Sousa Fonte: Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

A Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati), em parceria com o Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade (PRMSFC), ambos da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), realizaram, na última quarta-feira (23), uma roda de conversa on-line sobre “Sentidos e significados das festas e do universo junino”. O encontro foi uma prévia do II Arraiá Virtual da Unati.

Encontro dos alunos da Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati) em roda de conversa realizada por videoconferência
Encontro dos alunos da Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati) em roda de conversa realizada por videoconferência

Essa parceria ocorre há algum tempo e promove uma troca e construção de conhecimento mútuo entre os programas, abordando uma diversidade de temas em conjunto com os alunos da Unati. O tema abordado nesse encontro foram as Festas Juninas, festividade propriamente da região nordeste e que carrega significado na vida do povo nordestino.

Segundo a enfermeira residente, Nanielle Barbosa, o intuito da roda foi resgatar as tradições, costumes e histórias que remetem ao período junino por meio de memórias afetivas ou objetos que lembrem ou representem essa festividade. “Apesar desse momento em que é necessário o distanciamento, a fim de preservar nossa saúde e evitar contaminação, nós não podemos esquecer a importância de manter essas tradições e as memórias desses idosos vivas. Além de permitir que eles expressem suas saudades em relação a esse período.”, relata.

Algumas das lembranças relatadas pelos alunos remetem aos elementos tradicionais do período junino, como pular a fogueira, as brincadeiras de roda, quadrilhas, comidas típicas e as vestimentas. “Aos 14 anos, sempre dancei quadrilha. No entanto, na época, as roupas não tinham tantos enfeites. Os homens usavam remendos nas calças e as mulheres com suas saias longas. Na fogueira, assávamos carnes e legumes”, conta Iolita Silva, aluna da Unati.

Durante a conversa, além de compartilharem suas experiências ao longo da vida relacionadas às festas juninas, por meio de uma tenda do conto, os alunos puderam usufruir também de músicas tradicionais do universo junino. Através de um jogo feito pelos residentes, no qual os alunos foram desafiados a descobrir o nome da música que estava sendo tocada no momento e a continuarem a letra da mesma.

Todas essas atividades tiveram como objetivo principal relembrar e reviver os sentidos e significados juninos nos alunos, além de manter vivo o espírito junino.

 

Ele1 - Criar site de notícias