Terça, 07 de Dezembro de 2021
89 994161886
Geral Mato Grosso

Governo de Mato Grosso investe R$ 17 milhões na compra de equipamentos de proteção para os servidores do Intermat

Compra de (EPIs) faz parte do conjunto de investimentos na instituição, que passa por uma série de melhorias

23/11/2021 18h15
Por: Cirano Sousa Fonte: Secom Mato Grosso
Trabalho de georreferenciamento de área rural. - Foto por: Assessoria|Intermat
Trabalho de georreferenciamento de área rural. - Foto por: Assessoria|Intermat

O Governo de Mato Grosso investiu R$ 17 milhões na compra de equipamentos de proteção individual (EPIs) para os servidores do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat), que realizam o trabalho técnico de gorreferenciamento na regularização fundiária de áreas rurais no Estado.  

Ao todo, são 547 itens adquiridos: 200 coletes com identificação, 40 botinas, 200 bonés árabes, 60 perneiras, 200 coletes, além de outras ferramentas, facão, cavadeira articulada e alicate de corte.  Os materiais já estão no almoxarifado da autarquia e são disponibilizados para todos os membros das equipes. O uso é indispensável e obrigatório para garantir proteção e diminuir os riscos de lesão em caso de algum acidente durante o trabalho.

Para o coordenador de Regularização Fundiária, Marcelo Ferri, a chegada desses equipamentos é um marco histórico. "A atual gestão tem comprometimento com este órgão, pois desde que fui nomeado para trabalhar aqui, há cerca de 10 anos, nunca tinha presenciado aquisição desses materiais”.  

Também foi adquirido um lote com marco galvanizado - bastão de aço com cerca de 40 cm usado no georreferenciamento. O equipamento possui uma plaqueta para gravação de código com informações técnicas do ponto demarcado. O instrumento é mais eficiente, pois é facilmente fincado na terra com algumas batidas de marreta, dispensando o trabalho de cavar, dando mais rapidez no trabalho.

A compra de (EPIs) faz parte do conjunto de investimentos na instituição, que passa por uma série de melhorias. Atualmente, o prédio do Intermat está recebendo manutenção, o que inclui a troca de parte da rede elétrica, pintura, novo mobiliário e computadores para possibilitar um melhor ambiente de trabalho aos servidores, além da melhoria no atendimento ao cidadão. Parte do recurso para este investimento é do Programa Terra a Limpo e, outra parte, do Governo Estadual.

Outra importante ação foi a realização de processo seletivo que fortaleceu o quadro de servidores, com a chegada de 25 profissionais: advogados, seis assistentes sociais, um arquiteto urbanista e seis engenheiros de tecnologia em geoprocessamento e tecnologia em agrimensura, empossados no início de outubro de 2021.

 

 

Ele1 - Criar site de notícias