Sábado, 21 de Maio de 2022 00:10
89 994161886
Geral Mato Grosso

Seduc abre inscrições e agendamento de provas do programa Certifica MT no dia 16

Programa concede a certificação de conclusão do ensino fundamental ou médio ao cidadão mato-grossense que não finalizou seus estudos em idade escolar regular

11/05/2022 20h50
Por: Cirano Sousa Fonte: Secom Mato Grosso
Harleid Claiton Seduc-MT
Harleid Claiton Seduc-MT

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc--MT) abre, no dia 16 de maio, inscrições e agendamento de provas para o Programa Certifica MT. A iniciativa concede a certificação de conclusão do ensino fundamental ou médio ao cidadão mato-grossense que não finalizou seus estudos em idade escolar regular.

O Certifica MT irá avaliar competências e habilidades de jovens e adultos por meio de uma prova que estará disponível no Google Forms, além de material didático para estudo e teste de conhecimento também de forma online. Caso obtenha a pontuação mínima exigida na prova de múltipla escolha para cada uma das áreas, o candidato será aprovado e receberá a certificação de proficiência do Ensino Fundamental e Médio. No entanto, será preciso atingir a pontuação de acordo com os parâmetros estabelecidos.

A previsão é que sejam beneficiados, de imediato, 100 mil mato-grossenses, que sonham com a porta de acesso à universidade e, principalmente, ao mercado de trabalho. Porém, a intenção da Seduc é atender cerca de 1,3 milhão de jovens e adultos com mais de 25 anos que não concluíram a educação básica. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral, de 2020, 1/3 da população de Mato Grosso se enquadra nesse perfil.

"Mato Grosso é um dos Estado que tem a menor taxa de desemprego do país e também um dos que mais geraram emprego nos últimos anos. Porém, as empresas ainda têm dificuldades em contratar pela falta de mão de obra qualificada. Um processo de empregabilidade que se inicia com a certificação do ensino. Se a qualificação profissional é um dos caminhos para impulsionar a economia, por meio do emprego, o Certifica MT é o botão de partida do resgate da cidadania, profissionalização e de melhor qualidade de vida”, destaca o secretário de Estado de Educação, Alan Porto.

Segundo Alan, no atual cenário pós-pandemia da covid-19, as empresas se tornam cada vez mais exigentes ao contratar os seus funcionários. “Não basta ter experiência e conhecimento, é necessário ter um certificado de escolaridade. O diploma é requisito imprescindível e, em um cenário de disputa, é impensável não ter essa certificação”.

Serviço

Para fazer a inscrição basta clicarAQUIe seguir o passo a passo.

Ele1 - Criar site de notícias